O banco digital da América Latina em uma encruzilhada digital

In The News : maio 20, 2015

A revista Banking Technology conversou com German Pugliese Bassi, cofundador e CMO e Alianças de Technisys, sobre as perspectivas do e-banking na América Latina e também sobre o estudo que a Technisys preparou em parceria com o programa GMix da Universidad de Stanford.

O artigo destaca que os bancos enfrentam o dilema de manter suas estratégias tradicionais ou inovar, e repensar seus negócios à medida que avançam em um ambiente cada vez mais competitivo. Os que não conseguirem seguir o ritmo dos inovadores poderão ficar permanentemente para trás, o que seria fatal para eles.

Para compreender melhor o panorama do e-banking na América Latina, onde, aproximadamente, 500 bancos operam em uma região com 35 países, 600 milhões de habitantes, com PIB de 5,5 trilhões, a Technisys e o programa GMix da Universidade de Stanford, realizaram um estudo em 11 países da região. Os resultados são heterogêneos, pois muitos bancos parecem entender a necessidade de modernizar suas operações digitais, mas muitos outros permanecem presos aos seus modelos tradicionais.

As potenciais ramificações podem ter um impacto de longo prazo no futuro da região: finalmente poderá emergir competitividade em nível global ou permanecerá atrasada, sem poder desenvolver economias competitivas e sustentáveis?

Leia o artigo completo aqui